Ignorar é a forma mais elegante de se defender da maldade. (Fernanda Estellit)

sábado, 21 de novembro de 2015

ENCERRADA AS ELEIÇÕES DA OAB



Rafael Pontes, é o novo presidente da OAB/Sobral. O resultado final Rafael Pontes  336 votos contra 225 do candidato Paulo Linhares Filho, maioria de 111 votos.


sexta-feira, 20 de novembro de 2015

CÂMARA APROVA PROJETOS DE LEIS DE AUTORIA DO VEREADOR GEGÊ ROMÃO



O vereador do PRB de Sobral Gegê Romão recebeu apoio de todos os vereadores, que votaram a favor dos seus projetos de Lei que beneficiam pessoas portadoras de necessidades especiais e ou mobilidade reduzida. Gegê Romão apresentou projeto que obriga a instalação de provadores de roupas adaptados a essas pessoas. Outro projeto aprovado dispõe sobre a instalação de caixa adaptado para quem mobilidade reduzida. 


AS CURTAS DO BLOG WILSON GOMES



1- Rogério Arruda, vereador que representa a comunidade do Jordão, está solicitando da Prefeitura, a colocação de redutores de velocidade na rodovia Deputado Elízio Aguiar (CE183), no trecho da barragem, distrito de Jaibaras, em frente a Escola Raimundo Santana.

2- A Câmara de Sobral aprovou, requerimento de autoria da vereadora Fransquinha do Torto, que pede a suspensão e isenção da cobrança da taxa de água dos moradores dos distritos de São José do Torto Rafael Arruda.

3- O vereador Tiago Ramos, está solicitando da Prefeitura através de requerimento aprovado na Câmara, a implantação de calçamento em pedra tosca, na localidade de Água Doce, distrito de Aracatiaçu.


VEREADOR PAULÃO PEDE CALÇAMENTO PARA AS RUAS DO DISTRITO DE PATRIARCA



O vereador Vicente de Paulo (Paulão) apresentou na Câmara de Sobral requerimentos que irão levar benefícios, a comunidade de Patriarca. Entre as solicitações feitas pelo parlamentar, e aprovadas pela Câmara, calçamento para as travessas e ruas, do Grupo, do Posto de saúde e Tamarindo. Paulão também está solicitando da Prefeitura asfalto para a rua Vila São Luís no distrito de Patos.




SECA: EUNÍCIO DIZ QUE INAPETÊNCIA ADMINISTRATIVA NO CE ESTÁ LEVANDO O ESTADO AO COLAPSO


Ao se solidarizar com a tragédia ambiental ocorrida na cidade de Mariana, em Minas Gerais, após rompimento de uma barragem, o líder do PMDB, senador Eunício Oliveira (CE) alertou que no Ceará a inapetência administrativa está levando o estado a um colapso no abastecimento de água.
 De acordo com o peemedebista, mais de quatro milhões de cearenses já sofrem diretamente os efeitos da seca e não contam com qualquer perspectiva de planejamento e gestão para segundo ele, encarar um novo ano de pouca chuva. Ele informou que os 153 açudes vistoriados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos do Ceará chegaram ao nível mais baixo desde o começo do monitoramento, que existe há 21 anos. Do total, quarenta açudes estão no volume morto e 27 já são considerados secos. “Hoje, os cearenses vivem em situação de plena incerteza, com um sentimento de indignação pelas promessas não cumpridas e com o temor de que obras fundamentais para minorar a situação da seca não sejam retomadas tão cedo”, alertou.
Eunício citou como exemplo as obras do Cinturão das Águas, paralisadas com a justificativa de falta de verbas, quando sua primeira fase deveria estar pronta no ano passado. Enumerou ainda o abandono do canal de transferência de água do açude Lima Campos para áreas do perímetro irrigado Icó - Lima Campos além do açude Lontras, previsto desde 2013 para a região dos Inhamuns, mas que até hoje, não começou a ser construído.
Para o líder, as iniciativas para minorar a situação são públicas e conhecidas por todo cearense, faltando apenas capacidade de gestão, planejamento e vontade política para serem efetivadas. “A situação exige a intensificação urgente do que está disponível, desde que se tenha mais iniciativa por parte do poder público, como tornar mais eficiente a operação dos carros-pipa, a perfuração de poços, o pagamento do bolsa estiagem, o barramento de rios e córregos e a montagem de adutoras”, lembrou.


quinta-feira, 19 de novembro de 2015

FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS DE MIRAÍMA FAZEM PROTESTO PELAS RUAS DA CIDADE



Funcionários públicos da cidade de Miraíma, região Norte do Estado, se mobilizaram na manhã de quarta-feira, para cobrar da Prefeitura pagamento de salários em atrasos. Segundo um dos funcionários já teve reunião com o secretário de finanças do município, Carlos Ronney, para esclarecimento e o mesmo afirmou que o atraso está sendo causado diretamente pela presidente Dilma. Os funcionários que dependem do dinheiro da prefeitura decidiram se unir para conseguir receber o pagamento normal e aproveitar para garantir o 13° salário.



DÚVIDA?

DÚVIDA?