Ignorar é a forma mais elegante de se defender da maldade. (Fernanda Estellit)

sábado, 13 de outubro de 2018

SAAE informa paralisação temporária no abastecimento de água dia 15 de outubro

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Sobral (SAAE) comunica que realizará, nesta segunda-feira (15/10), manutenção eletromecânica na Estação de Tratamento de Água (ETA) Sumaré. Para execução dos trabalhos, haverá interrupção temporária no tratamento e distribuição de água, afetando o abastecimento dos bairros Sumaré, Dom José, Padre Palhano, Padre Ibiapina, Domingos Olímpio, Alto do Cristo, Residencial Nova Caiçara, Renato Parente, Cidade Dr. José Euclides (Terrenos Novos), Cohab III, Centro, Parque Silvana I e II, Expectativa, Alto da Brasília, Residencial Meruoca, Paraíso das Flores, Recanto I e II, Pedrinhas, Junco e Campo dos Velhos.
Os trabalhos terão início às 8 horas, com estimativa de que sejam concluídos até às 16 horas. Depois deste horário, a ETA Sumaré estará em funcionamento normal e a distribuição de água voltará gradativamente. Como o sistema funciona por pressão, a água chegará mais rápido nas regiões centrais e só depois nas áreas mais elevadas.
O SAAE recomenda que a população utilize água de forma moderada durante o período, privilegiando o consumo humano e as atividades essenciais.
Para reclamações, solicitações, sugestões ou esclarecimentos, a população pode entrar em contato com o SAAE pelos canais de atendimento: 0800.283.0195 - (88) 3677-9130 – www.saaesobral.com.br.

Vereador Adauto Arruda reclama das obras no Centro de Sobral

O vereador Adauto Arruda, que na terça-feira, 9, ocupou a Tribuna do Plenário 5 de Julho da Câmara de Vereadores, voltou mais uma vez a criticar à Prefeitura, pelas obras de intervenção no centro da cidade. Para o vereador o serviço é bastante demorado e mais uma vez está trazendo prejuízo para os comerciantes. Naquela data o trânsito de veículos foi desviado para outras ruas, pois o local estava ocupado por máquinas pesadas. "O trânsito em todo centro de Sobral, está caótico por conta dessa obra que parece não ter data para ser concluída", destacou Adauto Arruda.

Governo declara estado de emergência em Forquilha após foco de peste suína

Portaria publicada no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira, 11, declarou estado de emergência zoossanitária no município de Forquilha (Região Norte) por prazo de 12 meses. A medida se dá após confirmação de foco de peste suína clássica. Assim, estão interditadas todas as propriedades rurais e demais estabelecimentos com suínos e produtos “que representem risco para manutenção ou difusão da doença”. O comércio de suínos do Ceará - produção escoada apenas entre os estados do Nordeste -, permanecerá impedido.
A publicação, assinada pelo secretário da Agricultura, Pesca e Aquicultura (Seapa), Euvaldo Bringel, antecipa que “a área de emergência zoossanitária poderá ser alterada, por ato normativo da Secretaria, de acordo com a evolução das investigações epidemiológicas e dos trabalhos de vigilância zoossanitária em execução”.

Está proibida a saída de suínos e demais produtos de risco para peste suína, justificada pela necessidade da “imediata aplicação de medidas específicas para contenção e eliminação” do vírus, prevenindo a disseminação para outras áreas do Estado.

Alastramento 
Partes dos municípios de Sobral e Groaíras também seguem em alerta devido ao foco da doença, identificado em Forquilha, numa propriedade familiar pequena, no distrito de Mulungu. As localidades vizinhas estão dentro do perímetro de vigilância externa.

sexta-feira, 12 de outubro de 2018

Entrega dos números de identificação do Mova-se


Mais de 62 milhões de brasileiros estão negativados, aponta SPC

Um levantamento feito pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) mostra 62,4 milhões de brasileiros estavam com as contas em atraso em setembro. Apesar de a taxa ter se mantido estável na comparação mensal, a pesquisa aponta que o número de inadimplentes aumentou 3,9% em relação ao mesmo período do ano passado.
O aumento mais acentuado da inadimplência acontece entre a população mais velha. O número de idosos negativados, na faixa entre os 65 e 84 anos, cresceu 10% em relação ao mesmo período no ano passado. A estimativa é que 5,4 milhões de idosos estejam inadimplentes.
Na faixa entre 50 e 64 anos também houve aumento no número de negativados em relação ao ano passado (6,2%), e hoje totalizam 12,9 milhões. Na população entre 40 e 49 anos, o crescimento foi de 4,9%, com 14 milhões de inadimplentes. Os dados apontam ainda que a maior parte dos inadimplentes permanece na faixa dos 30 aos 39 anos, que caracterizam a metade dos brasileiros endividados. O número de jovens entre 25 e 29 anos com o nome sujo soma hoje 4,4 milhões.
Quase metade da população adulta da região Norte está com o nome sujo, somando 5,8 milhões de inadimplentes. Em seguida está o Nordeste, com 17,2 milhões (42% da população); Centro-Oeste, com 5 milhões (42,3%); Sudeste, com 27 milhões (39,1%); e Sul, com 8,4 milhões (37,2%).
Segundo o SPC Brasil, o desemprego e a baixa renda ainda prejudicam o orçamento e a capacidade de pagamento dos consumidores, e que esse quadro só deverá ser revertido com a melhora no mercado de trabalho e uma recuperação econômica vigorosa.
O indicador de inadimplência do consumidor é apurado com de acordo com as informações disponíveis nas bases de dados às quais o SPC Brasil e o CNDL têm acesso. As informações referem-se a capitais e interior das 27 unidades da federação.


 Com informações, Agência Brasil

Pichações em muros na Sapiranga ameaçam quem votar em Bolsonaro


Muros de casas na rua Joaquim Frota, no bairro Sapiranga, em Fortaleza, foram pichados com mensagens que ameaçam eleitores da região que pretendem votar no candidato à Presidência, Jair Bolsonaro (PSL).
"Quem votar no Bolsonaro, vai morrer", dizia uma das mensagens encontradas pela reportagem do O POVO Online. Outra pichação, com assinatura da facção do Comando Vermelho Rogério Lemgruber (CVRL), repetia as ameaças ao eleitorado do militar da reserva.
Em nota enviada ao O POVO Online, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que a Polícia Civil está investigando o caso. Além disso, o órgão acrescentou que apura as circunstâncias acerca do ocorrido para verificar a veracidade da mensagem. 

quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Eunício dá sequência a votações no Senado com aprovação de R$ 190 milhões para Sobral

Conforme assegurado, o presidente do Congresso Nacional, Eunício Oliveira (MDB-CE), deu sequência à votação da pauta da Casa nesta quarta-feira (10) e como item prioritário do Plenário, conseguiu apoio para aprovação da Proposta (MSF 96/2018) que autoriza o município de Sobral a contratar financiamento de R$ 190 milhões junto à Corporação Andina de Fomento (CAF).
A liberação do financiamento contou com a articulação do senador junto à equipe econômica do governo federal.
O recurso será direcionado ao Programa de Desenvolvimento Socioambiental de Sobral (Prodesol) e irá beneficiar os moradores de áreas vulneráveis, contempladas com as obras de saneamento ambiental, requalificação de áreas urbanas e mobilidade urbana. O maior valor dos recursos será direcionado para obras de saneamento.

Ciro não subirá no palanque de Haddad, diz Lupi

O PDT anunciou nesta quarta-feira apoio crítico ao petista Fernando Haddad no segundo turno da campanha presidencial. Ainda ressentido, e visivelmente magoado, o presidente do PDT, Carlos Lupi, declarou, após reunião da legenda, que a posição é mais contra Jair Bolsonaro (PSL) do que a favor do petista. 
"Somos muito mais um voto contra ele (Bolsonaro), contra o risco que ele representa à democracia, aos direitos humanos, ao respeito às liberdades individuais, muito mais contra essa quase certeza dos riscos que ele (Bolsonaro) representa do que um apoio ao Haddad. Mas não vamos nos omitir (no segundo turno)", disse.
Apesar do apoio, ninguém da direção do PDT irá participar da campanha de Fernando Haddad no segundo turno, mesmo com acenos do ex-prefeito.
Segundo Lupi, Ciro não irá colaborar ou mesmo subir no palanque. Com o fim do segundo turno, Lupi antecipou que vai lançar a candidatura de Ciro Gomes para 2022.
Apenas o ex-ministro concedeu entrevista coletiva na saída da reunião. Terceiro colocado na campanha presidencial, Ciro Gomes (PDT) não deu entrevista, apesar da insistência de jornalistas. "Abaixo o fascismo. Pela democracia. Abaixo a ditadura, nunca mais de volta", disse o cearense. (O Povo).

Derrota do senador Eunício Oliveira e o mapa da traíção


Derrotas em redutos dominados por candidatos da base aliada foram decisivas para o fracasso de Eunício Oliveira (MDB) contra Eduardo Girão (Pros) na disputa pelo Senado. Entre os 33 municípios do Ceará onde o emedebista perdeu para o adversário, apenas dois não deram votações expressivas para deputados eleitos aliados de Camilo Santana (PT). 
Em todos os outros, pelo menos um candidato próximo do governo foi eleito com grande votação que não se refletiu em votos para Eunício. Observando o mapa das vitórias de Girão, real empenho de deputados da base pela vitória do emedebista fica sob suspeita. Durante a campanha, foram vários os rumores sobre "traições" de aliados contra Eunício. 
Em alguns casos, municípios que deram votações expressivas para mais de um deputado da base só arregimentaram poucos votos para o emedebista. Apesar de ter conseguido a maior parte da votação na Região Metropolitana de Fortaleza, Eduardo Girão teve municípios do Interior como "fiéis da balança" para os menos de 12 mil votos que lhe garantiram a vitória. 
Segundo o coronel Plauto de Lima, um dos articuladores da campanha de Girão, não houve qualquer tipo de acordo entre o candidato do Pros e deputados da base. Ele destaca, no entanto, ter notado perceptível movimento de lideranças locais em "abrir" o 2º voto para o Senado, sem pedir apoio a Eunício. "Deram uma de Pôncio Pilatos: lavaram as mãos". 
Casos notáveis envolvem os deputados José Guimarães (PT) Dr. Sarto (PDT). Em três municípios onde eles foram os mais votados, Eunício teve pequena votação e acabou derrotado. "A rigor, não fiz campanha para o Eunício. Deixei as bases à vontade, só tinha um senador, que era o Cid", admite Sarto, que em setembro prometia pedir votos ao emedebista. 
"Meu grupo ficou chateado com apoio de Eunício a grupos opostos em Acopiara (base do deputado), então acabou optando por outra candidatura. Ainda ponderei que Camilo e Cid tinham pedido pelo Eunício, mas não deu", explica Sarto. "Ele tentou puxar voto para aliados na base de outros, então criou uma ambiência muito ruim. Foi muito pouco hábil", disse.
Plauto destaca ainda que, em várias regiões, líderes locais mesmo os ligados à base aliada enxergaram a disputa entre Eunício e Girão como oportunidade de fazer uma "prévia" da eleição municipal de 2020. "Como o MDB tinha muitos desses prefeitos, muita gente da oposição viu nisso uma oportunidade de ver as chances para 2020", diz. 
Em Quixeramobim, reduto histórico de José Guimarães e onde Girão venceu por mais de 10 mil votos de diferença, pesou nesse sentido racha entre o prefeito, Clébio Pavone (SD), e o vice, Sargento Rogério (Pros). Em cidades como Santa Quitéria, circularam adesivos que uniam Camilo, Guimarães, o deputado estadual Bruno Pedrosa (PP) e Eduardo Girão.
A reportagem tentou entrar em contato com José Guimarães para falar sobre o caso. O deputado, no entanto, não atendeu ligações. A assessoria de Eunício Oliveira disse que ele não irá se manifestar sobre o assunto.

Com informações, O Povo.

quarta-feira, 10 de outubro de 2018

Semana do Servidor Público de Sobral


Convocação para uma Assembleia Geral Extraordinária

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sobral (SINDSEMS), está convocando filiados para uma Assembleia Geral Extraordinária, que irá acontecer nesta quarta-feira, 10, em primeira convocação às 17h e em segunda convocação às 17h30

Vale do Acaraú é pego de surpresa com a não reeleição de Aníbal Gomes e Duquinha

As urnas surpreenderam nesta eleição no estado do Ceará, não reelegendo por exemplo, o presidente do senado, Eunício Oliveira (MDB), até então segundo lugar disparado na pesquisas de intenção de votos. Já o Vale do Acaraú foi pego de surpresa com a não reeleição dos deputados Aníbal Gomes e Manoel Duca (Duquinha), federal e estadual, respectivamente.
Duquinha teve bom desempenho no Vale Acaraú, foi o estadual mais votado, já Aníbal ficou atrás de Robério Monteiro. Os votos recebidos em sua maior base, junto com os de outras regiões do estado, não foram suficientes para reconduzi-los a Assembleia Legislativa e a Câmara Federal. Duquinha buscava o oitavo mandato, já Aníbal seu sétimo mandado para a Câmara Federal.
As reeleições dos irmãos eram dadas como certas, mas, nas urnas valeu a vontade do eleitor. Ambos ficaram na suplência.

Com informações, O Acarau

Saiba quais partidos definiram apoio no segundo turno das eleições presidenciais

Com a confirmação de Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) no segundo turno das eleições presidenciais, os demais partidos começaram a definir a posição que adotarão no pleito.
No primeiro turno, Bolsonaro obteve 49,2 milhões de votos (46,03%) e Haddad, 31,3 milhões (29,28%). O segundo turno está marcado para o dia 28.

Saiba a posição dos partidos no segundo turno (em ordem alfabética): 


DC: O partido de Eymael, que disputou o primeiro turno, decidiu nesta terça por uma posição de neutralidade no segundo turno. Com isso, os filiados estão liberados para votar em qualquer um dos dois candidatos.

Novo: O partido, que concorreu no primeiro turno com João Amoêdo, confirmou nesta terça-feira (9) que não vai apoiar nem Fernando Haddad (PT) nem Jair Bolsonaro (PSL). No entanto, a sigla declarou, em nota aos militantes, que é "absolutamente" contrária ao PT, que, segundo o Novo, "tem ideias e práticas opostas às nossas".

PP: A sigla divulgou um documento nesta terça em que declara que manterá postura de “absoluta isenção e neutralidade” no segundo turno. A legenda integra o chamado bloco do "Centrão" e no primeiro turno do pleito havia participado da coligação do candidato do PSDB, Geraldo Alckmin.

PPL: Em nota divulgada nesta terça, o PPL, que concorreu no primeiro turno com João Goulart Filho, declarou apoio a Fernando Haddad. Filho do ex-presidente Jango, Goulart Filho disse no comunicado que o país corre um "grande risco" diante da possibilidade de Bolsonaro se eleger no segundo turno.

PSB: Neutro no primeiro turno, o partido definiu nesta terça o apoio à candidatura de Fernando Haddad. A cúpula da legenda também resolveu liberar os diretórios regionais de São Paulo e do Distrito Federal, onde os candidatos do PSB, Márcio França e Rodrigo Rollemberg, respectivamente, disputarão o segundo turno ao governo estadual. 


 PSOL: O partido, que disputou o primeiro turno com Guilherme Boulos, declarou que irá apoiar o candidato do PT, Fernando Haddad, no segundo turno. A decisão foi tomada pela Executiva Nacional do partido após reunião na segunda (8).
(Portal G1)

terça-feira, 9 de outubro de 2018

Veja quem são os suplentes de deputado federal no Ceará e a ordem em que podem assumir mandatos


Foram eleitos 22 deputados federais pelo Ceará e os que não foram eleitos nos mesmos partidos ou coligações dos vitoriosos ficam na suplência. Eles podem assumir o mandato, no caso de afastamento dos titulares. Os suplentes exercem mandato na ordem em que foram eleitos. Por exemplo, se sai um deputado do partido ou da coligação, toma posse o suplente mais votado, independentemente de qual parlamentar abre a vaga. Se dois se afastam, o segundo também é convocado.

Confira os eleitos para deputado federal no Ceará e, logo abaixo, os suplentes de cada bloco partidário:

PDT, PTB, DEM, PSB, PRP, PPL   (Vagas: 8)
ELEITOS
MAURO FILHO PDT 157.510
IDILVAN PDT 154.338
ROBÉRIO MONTEIRO PDT 131.275
PEDRO BEZERRA PTB 119.030
DENIS BEZERRA PSB 106.294
ANDRÉ FIGUEIREDO PDT 103.385
LEONIDAS CRISTINO PDT 102.417
EDUARDO BISMARCK PDT 87.009

SUPLENTES
DR. ANÍBAL DEM 78.930
ODORICO PSB 77.308
TOTONHO LOPES PDT 67.763
MOSIAH DO MORONI PDT 53.420
BALMAN PDT 39.888

EM DEFESA DO CEARÁ   (Vagas: 6)
ELEITOS
CELIO STUDART PV 208.854
LUIZIANNE PT 173.777
GUIMARAES PT 173.039
AJ ALBUQUERQUE PP 132.319
JOSE AIRTON PT 74.099
DR.JAZIEL PR 65.300

SUPLENTES
GORETE PEREIRA PR 62.946
CHICO LOPES PCDOB 56.059
RACHEL MARQUES PT 44.080
POLLYANA MACEDO PP 42.750
INÁCIO ARRUDA PCDOB 24.657
ANIZIO MELO PT 6.399

MDB/PHS/AVANTE/SD/PSD/PSC/PODEMOS/PRB   (Vagas: 3)
ELEITOS
MOSES RODRIGUES MDB 128.526
GENECIAS NORONHA SOLIDARIEDADE 113.515
DOMINGOS NETO PSD 111.154

SUPLENTES
RONALDO MARTINS PRB 101.089
ADAIL CARNEIRO PODE 64.089
CABO SABINO AVANTE 47.010
NORMANDO SÓRACLES PSD 28.218
ODECIO CARNEIRO SOLIDARIEDADE 27.452
NICOLLE BARBOSA PSC 17.847

Partido Republicano da Ordem Social   (Vagas: 2)
ELEITOS
CAPITÃO WAGNER PROS 303.593
VAIDON OLIVEIRA PROS 30.392

SUPLENTES
DR. AGRIPINO MAGALHÃES PROS 20.625
JULIERME SENA PROS 20.070
DEUZINHO PROS 14.544
NELHO BEZERRA PROS 12.506
WELLINGTON SABÓIA PROS 7.818
VALÉCIO SOARES PROS 5.238

JUNTOS PARA RENOVAR   (Vagas: 1)
ELEITO  
HEITOR FREIRE PSL - DC / PSL 97.201

SUPLENTES
ROBÉRIO CAVALCANTE DC - DC / PSL 13.809
CORONEL BEZERRA - BEZERRINHA PSL - DC / PSL 13.193
DR. MARCOS PSL - DC / PSL 10.903
JORGE FONTENELLE PSL - DC / PSL 8.419
ERASMO GOMES PSL - DC / PSL 5.280
REGINA VILLELA PSL - DC / PSL 2.988
CORONEL IVAN MACEDO PSL - DC / PSL 2.549
PR CARLOS ALBERTO CRUZ PSL - DC / PSL 2.179

Partido da Social Democracia Brasileira   (Vagas: 1)
ELEITO
ROBERTO PESSOA PSDB 102.470

SUPLENTES
DANILO FORTE PSDB 55.910
RAIMUNDO MATOS PSDB 44.176
VICTOR LUIZ MONTEIRO PSDB 7.139
ARNALDO PSDB 5.743

PRTB - PPS - PATRIOTAS   (Vagas: 1)
ELEITO
JÚNIOR MANO PATRI - PPS / PRTB / PATRI 67.917

SUPLENTES
PRISCILA COSTA PRTB - PPS / PRTB / PATRI 48.041
TOMAZ HOLANDA PPS - PPS / PRTB / PATRI 33.553
ENFERMEIRA ANA PAULA PATRI - PPS / PRTB / PATRI 25.667
ATILA CÂMARA PATRI - PPS / PRTB / PATRI 16.440
MOURA PRTB - PPS / PRTB / PATRI 6.981

DÚVIDA?

DÚVIDA?