Felizes os que observam o direito e praticam a justiça em todo tempo! (SI106,3)

segunda-feira, 10 de abril de 2017

Filiados do PR que apoie gestão contrária ao partido poderão ser expulsos

O deputado estadual e líder do PR no Ceará, Capitão Wagner considera infidelidade partidária membros de seu partido que estejam gozando de qualquer mandado, fazer parte da base aliada de um grupo de situação em que o partido não fez parte da chapa. Em entrevista ao jornalista Oliveira Domingos, (na tarde de sábado, na cidade de Limoeiro do Norte, durante encontro do PMDB), que deverá ir ao ar nesta segunda-feira, na Rádio Tupinambá, o capitão Wagner diz que a denúncia de infidelidade deve ser acompanhadas de provas, para que a providências sejam adotadas como filmagem, entrevista e fotos que revele que o filiado não esteja cumprindo orientação do diretório. A entrevista e detalhes sobre como proceder numa situação vivenciada, exemplo,  do vereador Cumpady Bony, será exibida no programa Tribuna e Plenário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DÚVIDA?

DÚVIDA?