Ignorar é a forma mais elegante de se defender da maldade. (Fernanda Estellit)

sexta-feira, 20 de julho de 2018

Partidos abrem convenções com cenário indefinido para as eleições


Presidenciáveis ainda negociam alianças e não definem nome de vice nas chapas a quatro dias do início das convenções partidárias, num cenário de indefinição que persiste na grande maioria das pré-campanhas. Se não vejamos:
- O reflexo do desgaste dos principais partidos que polarização as eleições como o PT-PSDB; 
- Diminuição dos recursos para as campanhas com o fim do financiamento empresarial; 
- Falta de poder de aglutinação do governo federal;  

Agendas

- O PDT será a primeira legenda grande ou média a realizar convenção, nesta sexta-feira(20), quando vai anunciar a candidatura de Ciro Gomes; 
 
- O PSOL, fará convenção no sábado(21), é o único que definiu uma chapa pura para o Planalto: Guilherme Boulos e a indígena Sonia Guajajara; 

- O PCdoB vai decidir entre os dias 21 e 23 a estratégia. Estão na mesa três propostas: a manutenção da candidatura de Manuela d'Ávila, apoio ao nome do PT ou aliança com Ciro; 

- O PT insiste em Lula, o partido deverá protelar ao máximo o anúncio de eventual "plano B"; 

- A maior parte das siglas (PSDB, Rede, MDB, Podemos e Novo) deixou as convenções para 4 de agosto, véspera do prazo final; 

- O PSB fará a reunião na data-limite: 5 de agosto.


 Com informações, Célio Brito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DÚVIDA?

DÚVIDA?