Ignorar é a forma mais elegante de se defender da maldade. (Fernanda Estellit)

sexta-feira, 25 de março de 2016

AGU apresentou novo recurso contra a decisão do ministro Gilmar Mendes

A Advocacia-Geral da União (AGU) apresentou novo recurso contra a decisão do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que barrou a posse do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no cargo de ministro da Casa Civil. No recurso, a AGU pede que Mendes reveja sua decisão ou remeta o caso ao plenário do Supremo. 
Na petição, protocolada na noite desta quarta-feira, 24 a AGU rebate as afirmações de Gilmar Mendes sobre suposta intenção do governo de nomear Lula para beneficiá-lo com o foro privilegiado em função das investigações da Operação Lava Jato. Para a Advocacia-Geral da União, o entendimento do ministro é equivocado e parte da premissa de que o Supremo é um lugar para proteção contra impunidade, o que não é verdade, segundo o órgão.

Leia mais, no jornal O Povo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DÚVIDA?

DÚVIDA?