Ignorar é a forma mais elegante de se defender da maldade. (Fernanda Estellit)

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

"O dia em que a terra parou"

Já dizia Raul Seixas em uma de suas belas canções "O dia em que a terra parou" "...O empregado não saiu pro seu trabalho/Pois sabia que o patrão também não tava lá/Dona de casa não saiu pra comprar pão/Pois sabia que o padeiro também não tava lá/E o guarda não saiu para prender/Pois sabia que o ladrão, também não tava lá/e o ladrão não saiu para roubar/Pois sabia que não ia ter onde gastar/.."

Foi assim que pensou a maioria dos cinco mil funcionários públicos municipais de Sobral esperado pelo prefeito Veveu Arruda para a solenidade de confraternização de final de Ano. Pouco mais de 300 compareceram a festa. A contabilidade foi feita pelo número de refrigerantes pets de dois litros que foi entregue na saída, a cada uma das pessoas que esteve presentes a festa, realizada no meio da rua, ao lado da Prefeitura de Sobral. As pessoas também ganharam uma cesta recheada de vários produtos que foram entregues pelo próprio prefeito a cada um dos funcionários. 

Quem acompanhou o evento disse que os anteriores ficaram na saudade, pela organização, local e presença de público.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

DÚVIDA?

DÚVIDA?