Felizes os que observam o direito e praticam a justiça em todo tempo! (SI106,3)

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Prefeito Veveu e a sua falsa esquerda, que adora a burguesia e marginaliza o pobre

OPNIÃO.  Uma grande contradição permeia o discurso do líder Petista (desde a década de 80) Veveu Arruda. Quando falamos em gestão de esquerda ou de algum partido que defende e ergue bandeiras em favor das minorias, temos a ligeira impressão que é gestão que valorizam o povo pobre e aqueles que possuem rejeição por parte da burguesia. Essa lógica (observando a esquerda petista pregada por Arruda) não cabe muito para a administração atual da cidade de Sobral. 
Hoje observaremos claramente a troca de valores dentro desta polarização (direita x esquerda), pois aqueles à qual são chamados, no momento, de golpistas, coxinhas, reacionários e etc. São os que defendem uma inclusão social libertadora dentro das montanhas que nos ladeiam.  Mas é claro, que fique frisado, que essa analise (no momento) cabe apenas o cenário político da cidade de Sobral, pois como um comunista que sou, revelo meu grande repúdio a está direita fascista que tenta, por manobras antidemocráticas, dar um golpe a nação. 
Mas quando falo em “direita sobralense” isso não significa que os partidos ditos reacionários não possam ter pautas progressistas dentro de uma cidade (provinciana em política) como Sobral, pois como diz sabiamente o cantor Criolo, em uma de suas músicas que o “Anzol da direita, fez à esquerda virá peixe.” Hoje a “esquerda” de Sobral cumpre este papel retrogrado dentro da política de nossa região, pois em primeiro lugar: É uma esquerda que a mais de vinte anos compõe aliança com um grupo político dirigido por uma oligarquia familiar. Segundo: Fez a inversão de valores, pois são eles que valorizam a burguesia e as empresas privadas (além da burocratização e aparelhismo da máquina pública) e deixam a mercê a periferia e os bairros pobres da cidade. 
Então é de praxe, infelizmente, para quem saca dos paranauês, que Veveu Arruda, Ivo Gomes e CIA não representam de forma alguma a esquerda na cidade de Sobral e nem as minorias, por que no prezado momento (20 anos) Sobral sofreu uma desconstrução muito grande no que chamamos de avanço social, pois a demagogia em números que a Prefeitura apresenta, não revela nada mais do que uma grande farsa montada na cidade, pois quem conhece Sobral (bairros e distritos) sabe muito bem que não é a mesma cidade que a propaganda oficial da Prefeitura na TV apresenta.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

DÚVIDA?

DÚVIDA?