Felizes os que observam o direito e praticam a justiça em todo tempo! (SI106,3)

quinta-feira, 27 de abril de 2017

Administração não aceita celebração de missa de sétimo dia na Capela de São Pedro no Bairro Dom Expedito

A administração responsável pela Capela de São Pedro, no Bairro Dom Expedito, não permitiu que fosse celebrado a missa de sétimo dia em sufrágio de Francisco Valdemir Araújo de Sousa, que seria nesta sexta-feira (28), onde o mesmo foi morto no dia 22/04 ao abrir seu estabelecimento.

A Capela do bairro Dom Expedito realiza todos os sábados uma missa comunitária, não querendo ter o trabalho de celebrar uma missa na sexta-feira o padre responsável pela paróquia, pediu para a família adiar para sábado.

Para a família, a administração da paróquia não teve consideração e nem sensibilidade com a dor que estão passando no momento com a perda de seu familiar, proibindo a abertura da igreja para que outro celebrante pudesse celebrar a missa de sétimo dia.
A família preparou algumas homenagens para esse dia, e não queria “incomodar” ou estender a missa comunitária que acontece nos sábados. “Como pode um homem de muita fé impedir que a missa fosse celebrada na sexta” afirmou um dos familiares do jovem.

A missa de sétimo dia será celebrada na Igreja do Patrocínio, às 19h, desta sexta -feira.


O Blog entrou em contato com a Cúria Diocesana, mas não tivemos êxito, ligamos para vários números, mas o Vigário Geral não se encontrava, caso queira se manifestar.


Com informações, Blog Dom Expedito.

Um comentário:

  1. Padre, por favor, deixa de ser anti-solidário e comunitário.
    Este não é um procedimento de um representante de Deus.

    ResponderExcluir

DÚVIDA?

DÚVIDA?