Felizes os que observam o direito e praticam a justiça em todo tempo! (SI106,3)

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Maia e Eunício criticam manifestação de policiais contra reforma da Previdência

Os presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), criticaram hoje (18) a manifestação de um grupo de policiais contrários à reforma da Previdência que terminou em tumulto e tentativa de invasão do prédio do Congresso Nacional.
Eunício disse que “essa não é a democracia que nós queremos” e criticou a ausência da Polícia Militar na hora da tentativa de invasão para garantir a segurança do prédio. No tumulto, algumas vidraças do Congresso foram quebradas.
Os manifestantes, em sua maioria policiais civis, chegaram a passar pela Chapelaria, entrada principal do Congresso, que dá acesso aos salões da Câmara e do Senado. O grupo foi contido pela Polícia Legislativa, que formou uma barreira de segurança e atirou bombas de gás lacrimogêneo.
“Lamento que esse tumulto tenha ocorrido. Lamento que a Polícia Militar não estivesse aqui para evitar qualquer tipo de confronto. Foi a Polícia do Senado e da Câmara que teve que fazer,
lamentavelmente, algum tipo de reação, quando poderia ter sido evitado inclusive esse confronto nesta Casa, que é a Casa da democracia”, disse Eunício Oliveira.


Com informações, Agência Brasil,

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DÚVIDA?

DÚVIDA?