Felizes os que observam o direito e praticam a justiça em todo tempo! (SI106,3)

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Morre no Hospital do Coração de Sobral, Edilson Seridó

"Alô... você não foi ao Becco hoje, o que houve?estava querendo falar com você... Tenho uma reclamação..." estás foram as últimas palavras que tive com dr. Seridó, no início da tarde desta terça-feira, antes de começar o programa 'Redação Plus', para mais tarde, por volta das 17h, receber a triste notícia de sua morte ao dar entrada no Hospital do Coração de Sobral. JOSÉ WILSON SIRIDÓ DE SOUZA, 62 anos, ou simplesmente dr. Edilson Seridó, era para nós comunicadores, uma espécie de conciliador. Foi sempre assim com todos que conhecia e conversava, entre um papo demorado ou simples gesto, dava o recado. Participava de todos os programas radiofônicos, esteve com Oliveira Domingos, no início da semana durante entrevista com o deputado estadual Ferreira Aragão que o tratava como um grande amigo.
Dr. Edilson Seridó, antigo funcionário do Banco do Brasil, seguidor do guru indiano Sathya Sai Baba, era poeta, radialista e por muito tempo foi colunista de jornais periódico sobralense. Sai Baba, cujo verdadeiro nome era Sathyanarayana Raju, contava com milhões de seguidores no mundo todo, entre os quais se destacam influentes políticos, atores de cinema e cantores, que o consideravam uma encarnação dos deuses hindus.

JOSÉ WILSON SIRIDÓ DE SOUZA - Edilson Siridó, nascido em Massapê, Ceará, era advogado, engenheiro, comunicador, escritor e  funcionário aposentado do Banco do Brasil. Colaborou com publicações de artigos nas revistas Catatau e Factual e no jornal O Noroeste. A Folha, intitulada O Canto da Espiritualidade, além de ter sido colaborador dos jornais O Popular e Liberal.
“Se você prestar bem atenção verá que sua caminhada devocional começa de você para o outro e para mais outro, até atingir a todos, o universal que é Deus, o Absoluto – para a unidade cósmica, para o entendimento de que tudo é um! Diante das dificuldades de percurso não desanime, há um socorro para você; pronuncie o nome de Deus. Clame pelo Senhor que está em seu coração que Ele o segurará. A nossa devoção não deve ser abalada por nada. Ao devoto fiel, Deus não despreza. Deus é sempre presente, ajudando e amando a todos com o amor de mil mães, como diz Sai Baba. O seu amor nos livra de todos os males. Que coisa maravilhosa ser amado por Deus” (p. 123).

Um comentário:

DÚVIDA?

DÚVIDA?