Ignorar é a forma mais elegante de se defender da maldade. (Fernanda Estellit)

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Miriam Sobreira e Agenor Neto trocam farpas no Plenário 13 de Maio



Em ano de eleição, é comum ver, na Assembleia Legislativa, os embates se acirrarem ainda mais entre deputados que disputam eleitores nos mesmos municípios, nesta quinta-feira, o deputado Agenor Neto (MDB) e a deputada Miriam Sobreira (PDT), ambos representantes de Iguatu, trocaram farpas no Plenário 13 de Maio. Desta vez, foi em razão do impasse em torno da instalação de uma Faculdade de Medicina na cidade.
Agenor, que subiu à tribuna, primeiro criticou a atual gestão do município, da base de apoio de sua adversária, Miriam Sobreira, por não ter investido, por exemplo, na ampliação do número de leitos no Hospital Regional de Iguatu, o que, segundo ele, teria contribuído para desclassificação da cidade pelo Ministério da Educação, recentemente, na avaliação da instalação da Faculdade.
Em seguida, a deputada Miriam Sobreira foi à tribuna rebatê-lo, dizendo que a UTI do hospital está judicializada, porque, segundo ela, os recursos recebidos pela gestão do ex-prefeito, aliado de Agenor, não foram aplicados. A pedetista defendeu, ainda, que a Faculdade de Medicina “irá sim para Iguatu, para a sua tristeza (de Agenor|)”, disse, apontando para Agenor. O deputado, por sua vez, interrompeu o discurso e pediu que a deputada lhe respeitasse. (Por Letícia Lima - Diário do Nordeste)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DÚVIDA?

DÚVIDA?