Ignorar é a forma mais elegante de se defender da maldade. (Fernanda Estellit)

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

POLÍTICA: Guimarães e Eunício discutem relação entre os dois partidos

(Cearanews7/Renata Paiva) - Os cacos da relação PT-PMDB continuam sendo reconstruídos. Hoje, 19, quatro lideranças dos dois partidos - líder do PT na Câmara,
deputado José Guimarães; o presidente do PT Nacional, Rui Falcão; o senador Eunício Oliveira (PMDB) e o vice-presidente da República, Michel Temer - estarão reunidas no Palácio do Jaburu, em Brasília, para tentar contornar a atual relação espinhosa e fragilizada.
O principal foco de estremecimento entre as legendas nasceu no Congresso e ficou mais evidente durante a aprovação da MP dos Portos na Câmara. Depois veio a apresentação do pedido de abertura da CPI da Petrobras, chegando a quase ruir diante dos protestos de junho.

Essa situação respinga e contamina diretamente a formação de palanques estaduais que darão sustentação a reeleição de Dilma. Para o deputado José Guimarães, existe uma necessidade real de rearticular a base, para chegar a um acordo, e assim acabar com os maus entendidos que vem acontecendo.

“Está tudo invertido. Os aliados agem contrariando as decisões do Planalto. A aprovação do Orçamento Impositivo, por exemplo, é contrária ao desejo de Dilma”, pontuou. Mas, na pauta da reunião de hoje, segundo Guimarães, além da postura atual dos aliados da base do governo, também poderá ser discutida a construção de uma nova ponte para sedimentar a reeleição de Dilma, a formação dos palanques estaduais e alianças nacionais.

No Ceará, Eunício está predisposto a participar da corrida ao Palácio da Abolição e o PMDB tem colocado a candidatura como prioritária para manutenção do acordo.

Déjà vu
Na eleição de 2010, o PMDB também ameaçou desfazer a aliança com o PT. Entretanto, hoje, o partido mira uma alternativa dentro do próprio campo governista, com Eduardo Campos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DÚVIDA?

DÚVIDA?