Felizes os que observam o direito e praticam a justiça em todo tempo! (SI106,3)

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Agora chegou a vez da Secretária da Extrema Pobreza de Sobral



“Venho aqui por meio desse BLOG fazer algumas denúncias sobre a Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate a Extrema Pobreza. As denúncias estão
direcionadas aos CRAS. Primeiramente, o  Prefeito Veveu, decretou que ate dezembro último o funcionamento da prefeitura seria corrido até às 14h, até aí tudo ótimo, mas a Secretária Valdízia Ribeiro obriga os orientadores dos CRAS a trabalharem no período da tarde para executar os Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos e o mais interessante é que devido ao decreto o serviço não pode acontecer dentro dos CRAS, ou seja os orientadores executam os serviços em creches ou ate mesmo na casa de algum vizinho da instituição que é o caso do CRAS Irmã Oswalda Chaves.
O que anda acontecendo é que devido essas viroses as crianças estão se evadindo dos CRAS e a secretária Valdizia e os coordenadores não entendem a situação e querem obrigar as famílias a participarem dos serviços e pra isso usam os orientadores para repassar informações mentirosas, dizendo que os serviços ofertados pelo CRAS são uma condicionalidade do Bolsa  Família. Além disso, os orientadores que se virem pra fazer suas buscas de crianças, pois somente um dia na semana tem carro nas instituições e os funcionários utilizam seu próprio transporte p executar suas mobilizações. E podem contestar? Não, porque diariamente são ameaçados indiretamente que podem perder o emprego, que é o caso do CRAS Mimi Marinho, lá a coordenadora vive em constante ameaça, faz intriga, aumenta e distorce as conversas e tudo isso com o intuito de amedrontar os funcionários.
No CRAS Dom José e no CRAS Regina Justa os orientadores não têm transportes e fazem as buscas a pé. O Território desses CRAS são os mais perigosos, onde a bala corre solta a toda hora. Isso ta certo? E se algum funcionário desse morrer, e aí? Quem vai se responsabilizar? Porque esses funcionários trabalham por Contrato e não tem direito a nada. Segundo um funcionário da tesouraria disse que funcionário que trabalha por Contrato e nada é a mesma coisa, pois o prefeito não sabe nem que existem. E vale ressaltar que em dezembro de 2015 foi feito uma seleção pra renovarem o contrato e ate o mês vigente o mesmo não foi assinado e também não se sabe quanto tempo de duração tem. Tem funcionários que estão a mais de dois anos nessa referida secretaria e espera que se cumpra a promessa de assinarem suas carteiras, pois não se tem direito a nada, não se recebe nem férias, nem décimo, NEM UM SALÁRIO MÍNIMO SE RECEBE. Os funcionários nem direito de ficarem doente eles têm, porque se passarem mais de uma semana corre o risco de ter outro funcionário em seu lugar quando retornarem. Porque que a Secretaria de Saúde os funcionários recebem décimo? Porque que na Secretaria de Educação os funcionários recebem uma gratificação no final do ano e a licença maternidade dura oito meses? Porque que o sistema da Secretaria de Desenvolvimento Social à Extrema Pobreza, é diferente das demais secretarias? Recentemente na seleção que aconteceu em dezembro de 2015, uma moça que estava gestante teve seu contrato encerrado e saiu sem direito a nada, simplesmente nada, porque até o encaminhamento para o INSS a pessoa que é responsável pelo financeiro se negou a dar e assim ficou o dito pelo não dito.
Agora festa nos CRAS tem demais, é comemoração do dia disso, dia daquilo, mas por trás só os funcionários que estão na 'peia' é quem sabem o que se passam.  E tem mais, qualquer notícias que beneficie a Secretaria de Desenvolvimento Social à Extrema Pobreza, os funcionários são obrigados a Compartilhar, curtir e publicar nas redes sociais, porque caso isso não aconteça, leva-se advertência e fica marcado. Espero sinceramente que alguma medida seja tomada".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DÚVIDA?

DÚVIDA?