Ignorar é a forma mais elegante de se defender da maldade. (Fernanda Estellit)

quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

Danilo Forte vai assumir cargo de articulação para o Nordeste no governo Bolsonaro

Deputado federal não reeleito, Danilo Forte (PSDB) vai assumir uma coordenadoria de articulação política ligada ao Nordeste na Casa Civil do futuro governo de Jair Bolsonaro (PSL).
A função, para a qual o parlamentar foi convidado pelo futuro ministro da pasta, Onyz Lorenzoni (DEM), é uma das sete criadas pelo  democrata para distribuir tarefas de interlocução com os parlamentares, um dos pontos mais criticados por aliados de Bolsonaro durante a transição.
Além da coordenaria do Nordeste, a Casa Civil vai contemplar postos também para Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Norte, segundo afirmou o deputado federal eleito Roberto Pessoa (PSDB), que participou da reunião da bancada do PSDB com o novo ministro.
Recém-eleito, Pessoa também disse que Lorenzoni designou deputados que não se elegeram ou não disputaram eleições para coordenarias de articulação com a Câmara dos Deputados e o Senado.
A função de coordenaria para o Nordeste, no entanto, não corresponde à de secretário do Nordeste, órgão que ainda não foi criado.
Presidente estadual do PSL e deputado federal eleito, Heitor Freire ponderou que as indicações de Mayra Pinheiro e General Theophilo para postos no governo foram positivas.
“Foram indicações diretas, técnicas”, respondeu o dirigente. “Mas o Danilo tem amizade pessoal com Onyx.”
O pesselista afirma que a função de Forte será outra e não a de titular da Secretaria do Nordeste, uma das reivindicações de grupo de parlamentares do PSL eleitos na região.

Com informações, O Povo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DÚVIDA?

DÚVIDA?