Ignorar é a forma mais elegante de se defender da maldade. (Fernanda Estellit)

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Senador Eunício Oliveira vai lutar para que a aliança permaneça em 2014



O PMDB realizou na manhã de sábado, mais encontro, o ultimo de 2013, pelo interior do Estado. A cidade escolhida foi o município do Crato, na Região do Cariri. 

Partido da base aliada do governador Cid Gomes, o PMDB, tem buscado nesses encontros, mostrar para o governador que o partido tem chances de disputar as eleições de 2014, e aponta o Senador Eunício Oliveira como o homem mais preparado para essa disputa. 

Enquanto o PMDB realiza esses encontros, o governador Cid Gomes tem andado na contramão levando para as suas inaugurações e eventos políticos o presidente da Assembleia Legislativa, o deputado Zezinho Albuquerque. Como aconteceu na sexta-feira na cidade de Tianguá.

No encontro do Crato, o Senador do PMDB, voltou a afirmar que vai lutar até o último minuto para que a aliança permaneça nas eleições que se aproximam, mas se isso não for possível, Eunício Oliveira, diz que estar pronto para marchar sozinho. “Eu perdi o meu pai e eu perdi minha mãe, e aqui estou vivo. Sofri muito com isso. A gente se casa e depois de 20, 30 anos e de repente a mulher, o marido, chega e diz que não que mais continuar casado, então o que é que você faz; arruma tuas coisas, -  você se segue seu rumo e eu sigo o meu. Então eu vou lutar para que a gente possa manter essa aliança, aliança que imprensa diz que acabou, mas não acabou. Eu vou lutar até o fim, se não for possível, cada um segue seu caminho e a partir daí o eleitor cearense vai definir que deverá governar o Estado do Ceará”. Disse Eunício Oliveira.

Durante o entrevista coletiva, na entrada da Quadra Bicentenária, o senador ainda respondeu ao outras indagações relacionada a sua possível candidatura a governador em 2014. “Quem vai definir sobre a eleição no Estado do Ceará é a cúpula do PMDB. Mas não será a cúpula que vai governar este estado, quem vai dizer quem vai governar este Estado é o povo. O povo do Ceará que sabe que durante esses 14 anos de vida dedicado a política, sempre me dediquei aos mais pobres e aos mais carentes, aos que não têm defesa”. Disse Eunício Oliveira, acrescentando que, “não é só construir essas obras importantes, bonitas, bem acabadas, mas o importante é cuidar também do profissional que vai trabalhar lá dentro. Não adianta ter um carro bonito, se não tem gasolina. Por isso tenho lutado para seja criada novas universidades para o filho de pobre também possa se formar e ter uma profissão digna”. Comentou o Senador do PMDB.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DÚVIDA?

DÚVIDA?